Editores de Texto vs IDE´s

Recentemente li um artigo no Quora onde um engenheiro comentou sobre o uso de emacs e vim ao invés de IDE´s convencionais como Eclipse ou Visual Studio para desenvolver aplicações. Não que se deva em algum momento abandonar o uso de IDE´s, mas é bom ao menos refletir sobre os motivos pelos quais o levam […]

Windows Azure Cloud Computing

Para quem não sabe, Windows Azure é a plataforma de Cloud Computing da Microsoft. Recentemente eu tive oportunidade de participar de uma apresentação do Rafael Godinho, especialista de desenvolvimento da Microsoft, e gostaria de compartilhar as informações que obtive. Para que serve a Cloud afinal? A plataforma é oferecida para atender, principalmente, requisitos de escalabilidade […]

Porque é divertido programar?

Em primeiro lugar vem a satisfação de construir algo que você mesmo projeta. Em segundo, é a sensação que você tem de construir coisas úteis para os outros. Em terceiro vem o fascínio de objetos complexos. Em quarto, a aprendizagem constante de natureza não repetitiva. Finalmente, a delícia de trabalhar em um meio tão maleável, […]

Estimativas de Software realmente funcionam?

Se você desenvolve software provavelmente já esbarrou nessa questão alguma vez. Já li e ouvi muitas pessoas reclamando da utilidade das técnicas existentes, dizendo que não basta utilizar apenas uma estimativa para se obter um prazo para desenvolvimento de software, ou pior, que não adianta estimar software pois a criação de programas de computador é […]

Princípios do Engenheiro de Software

Conheci recentemente o site do Software Engineering Ethics Research Institute. Nele há um código de ética e prática profissional  produzido por uma força-tarefa da ACM e IEEE. Segue o resumo, mas vale a pena dar uma conferida no original. 1. Público Engenheiros de software devem agir consistentemente com o interesse público. 2. Cliente e Empregador Engenheiros […]

Overview sobre Scrum

O que é Scrum? Scrum é um framework para desenvolvimento ágil e gerenciamento de projetos. Ele é baseado em ciclos de 2 a 4 semanas chamados Sprints, onde se trabalha para alcançar objetivos bem definidos. Estes objetivos são representados no Product Backlog, uma lista de itens que o cliente deseja que sejam feitas. Esta lista […]